Sociedade / Saúde e Educação

Autoridades criam condições para prevenir surto de ébola

As autoridades sanitárias da província de Cabinda estão a tomar medidas preventivas ao longo da fronteira com a República Democrática do Congo e o Congo-Brazzaville para evitar que casos de ébola afectem as populações locais.

Nos últimos dias, as autoridades sanitárias de Cabinda realizaram vários encontros de esclarecimento com os responsáveis militares angolanos e congoleses estacionados ao longo da fronteira comum, na qual os sensibilizou para os procedimentos a terem em relação às pessoas suspeitas de doenças que cruzam a fronteira de um país para o outro.