Sociedade

Polícia encerra oito bares e cafés no bairro da Jamaica

As autoridades de saúde da região da Grande Lisboa, em Portugal, encerraram, sábado, oito estabelecimentos comerciais, entre cafés e bares, no Bairro da Jamaica, no Seixal, devido à pandemia da Covid-19.

A comissária Maria do Céu Viola, do Comando de Setúbal da PSP, disse aos jornalistas que a operação policial decorreu "sem incidentes", enaltecendo a colaboração e a compreensão dos moradores do bairro onde habitam alguns cidadãos angolanos.

"Isto é uma questão de saúde pública, as pessoas acataram e colaboraram com a autoridade de saúde e com a câmara", afirmou a comissária, sublinhando que a PSP teve como missão a notificação dos proprietários e a segurança da operação.

Segundo as autoridades sanitárias, o número de infectados no Bairro da Jamaica é de 12, não se encontrando nenhum angolano.

Na origem do surto esteve uma festa que terá durado três dias e juntado mais de 50 jovens numa vivenda na Herdade da Aroeira, em Almada.

Face a esta situação, as autoridades sanitárias já disseram estar a preparar para os próximos dias uma acção de rasteio à Covid-19 de toda a população do bairro.