Artigo

Política

Instituto fiscaliza obras públicas

O ministro Manuel Tavares de Almeida assegurou ontem, na abertura do conselho consultivo do Ministério da Construção, que o Instituto de Obras Públicas, que vai nascer da actual Empresa Nacional de Elaboração de Projectos, terá a missão de  regulamentar os preços de consultoria, elaboração de projectos, fiscalização e construção.

O ministério vai igualmente potenciar o Laboratório de Engenharia de Angola (LEA) com  “equipamentos e técnicos qualificados, para poder certificar de facto a qualidade dos materiais e das obras, através de processos modernos, eficazes e eficientes”.
O ministro aproveitou o encontro alargado para desmentir informações que acusam o secretário de Estado da Construção, Molares d’Abril, de desvio de fundos. Não é verdade. O Ministério já comprovou publicamente, de forma inequívoca, a falsidade dessas informações, garantiu.