Política

Governo avalia situação das famílias em Cabinda

A ministra da Acção Social, Família e Promoção da Mulher, Vitória Francisco da Conceição, trabalhou ontem no município de Buco-Zau, cerca de 120 quilómetros a norte da cidade de Cabinda, onde avaliou a implementação do programa de reintegração das famílias vulneráveis, no quadro da melhoria de condições de vida e bem-estar social.

A ministra, que se encontra em Cabinda desde quarta-feira, visitou já o aldeamento do Yabi, a sul da cidade de Cabinda, local onde se encontram acomodados 80 ex-militares da FLEC e igual número de famílias.
No aldeamento do Yabi, Vitória Francisco da Conceição mostrou-se satisfeita pela forma como está a ser implementado o programa de reintegração efectiva dos ex-militares da FLEC, onde já foram erguidas 80 casas sociais, uma escola primária, uma do I ciclo de ensino, com sete salas de aulas, que vai albergar 1.050 alunos em dois turnos, além de um centro de saúde, uma loja e um sistema de tratamento e distribuição de água.