Política

BAI dá crédito a empresas com problemas de tesouraria

O Banco BAI lançou ontem a campanha “retomar o seu negócio”, com dois produtos de crédito de curto prazo, o “crédito Facilidade de Tesouraria” e o “Descoberto Bancário”, com vista a acudir as empresas que tenham dificuldades de tesouraria, causadas pela Covid-19.

Numa nota de imprensa citada pela Angop, o banco refere que o objectivo da iniciativa é mitigar os efeitos da Covid-19 na economia angolana e apoiar o sector empresarial com soluções imediatas.

Com um montante total negociável, em função do risco da operação, o Crédito Facilidade de Tesouraria visa contribuir para o incremento do nível de liquidez das empresas.

Esta facilidade de crédito prevê o pagamento de até 12 prestações, e as empresas poderão solicitar carência de pagamento da prestação de dois meses.

A carência de reembolso até duas prestações também é uma das principais vantagens do Crédito Descoberto Bancário Empresas, o qual é específico para o apoio à tesouraria das empresas, e cujo montante também é negociável em função do risco da operação.

Com a duração do contrato de até três meses, inclui a possibilidade de renovação trimestral por um período de até 12 meses.

Estas duas soluções de crédito de curto prazo estão desenhadas para apoiar o sector empresarial a suportar o pagamento das folhas salariais e obrigações de curto prazo em Junho, Julho e Agosto, com a hipótese de obter carência nos reembolsos das prestações, retomando o normal reembolso a partir de Setembro de 2020.

Deste modo, destaca a nota, o BAI reafirma o seu compromisso com o financiamento à economia nacional por via de soluções de crédito adequadas ao fortalecimento das empresas e garantia da continuidade das operações empresariais com vista ao desenvolvimento nacional.