Política

Académicos fazem debate sobre laicidade do Estado

Os princípios da laicidade do Estado e do gradualismo na implementação das autarquias foram debatidos na cidade de Benguela, durante o II Fórum Provincial sobre “A Constituição de Angola, desafios e perspectivas”.

O encontro foi uma iniciativa da empresa Intelegere Business School e da Universidade Katyavala Bwila, em parceria com a Ordem dos Advogados de Angola (OAA), para promover uma reflexão sobre a Constituição angolana face aos desafios contextuais, contribuir para a sua divulgação e identificar os desafios da aplicação da lei magna, no âmbito do nono aniversário da sua aprovação.
Na ocasião, o jurista Diogo José, que dissertou sobre “os princípios do gradualismo na Constituição da República de Angola”, defendeu que o país deve implementar de forma gradual as autarquias, porque há localidades sem quadros suficientes e com um fraco desenvolvimento económico.