Mundo

Unicef está preocupada com abuso de menores

O abuso sexual e as crianças na rua são as principais preocupações das Nações Unidas relativamente à infância em Cabo Verde, disse a representante do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), Ulrika Richardson.

“O abuso sexual contra crianças continua a ser uma preocupação porque não conhecemos ainda bem qual é a magnitude do problema. Há denúncias, e isso é bom, mas queremos que as denúncias continuem e que a resposta seja adequada. A justiça tem de ser rápida e muito consistente e coerente”, disse Ulrika Richardson em contacto com a imprensa.
Ulrika Richardson considerou positivo o facto de o abuso sexual de crianças em Cabo Verde ter deixado, em certa medida, de ser “tabu”, mas considerou que são precisas respostas. “Outra preocupação são as crianças que não são de rua, mas estão na rua, muito vulneráveis ao uso de drogas, abusos sexuais e outro tipo de abusos. É preciso uma acção muito abrangente e coerente a essa questão”, disse.
Segundo Ulrika Richardson, para prevenir estes fenómenos é necessário “um forte apoio em termos de cuidados na primeira infância” e um sistema de ensino pré-escolar com cobertura total. A UNICEF é um dos parceiros do instituto local de apoio à criança, apoiando nomeadamente na mobilização de fundos e na capacitação dos técnicos que trabalham na instituição.
As duas organizações estão a trabalhar com o Parlamento cabo-verdiano para melhorar a legislação sobre abuso sexual de menores, uma lei que a presidente do instituto, Maria José Alfama, espera que possa resolver os “muitos problemas” associados a esta problemática.