Mundo

Joseph Kabila ocupa o seu lugar no Senado

O ex-Presidente da República Democrática do Congo (RDC), Joseph Kabila Kabange, regressou, ontem, oficialmente à política activa, sentando-se, pela primeira vez, e por breves momentos ,no Parlamento, num cenário de tensões no seio da coligação governamental.


Pouco antes das 11h30 locais, Joseph Kabila Kabange, 49 anos, entrou na sala de sessões, vestindo o lenço de senador, perante os aplausos dos seus pares, marcando, assim, o regresso, constatou a agência France Presse. Rodeado por um grupo de operadores de câmara, o antigo Chefe de Estado saiu pouco mais de meia hora depois de ouvir o discurso do presidente do Senado, Alexis Thambwe Mwamba, sentado na primeira fila, ao lado do presidente da Assembleia Nacional, Jeanine Mabunda.

Os presidentes de ambas as câmaras são membros da plataforma política de Joseph Kabila, a Frente Comum do Congo (FCC), da qual é o líder indiscutível (“autoridade moral”, como dizem os congoleses). Esta é a primeira vez que o antigo Presidente da RDC honra o mandato de “senador vitalício”, que lhe é conferido pela Constituição do país, como antigo Presidente eleito.

Desde que entregou o poder ao seu sucessor, Félix Tshisekedi, em 24 de Janeiro de 2019, esta foi uma das primeiras aparições públicas de Kabila, que esteve quase 18 anos à frente do maior país da África subsaariana. Nos bastidores, Joseph Kabila Kabange, filho de outro antigo Presidente da RDC, Laurent Kabila, continua a ser uma figura central na vida política.