Mundo / Europa

Emmanuel Macron lidera as sondagens

A três dias das eleições presidenciais francesas, as sondagens apontam para a vitória de Emmanuel Macron, ex-ministro da Economia do executivo de François Hollande.

Apesar da vantagem ser escassa, Emmanuel Macron, do movimento “En marche!” tem liderado as sondagens. O jovem candidato de 39 anos tem procurado conquistar votos, quer à esquerda, quer à direita, sendo o único candidato com um discurso assumidamente pró-Europa.
De acordo com uma pesquisa Cevipof feita ontem para o jornal “Le Monde”, a líder da extrema-direita Marine Le Pen, que na última semana insistiu na sua mensagem de combater a imigração, caiu 2,5 pontos percentuais e tem 22,5 por cento das intenções de voto.  Macron recuou 2 pontos percentuais e tem 23 por cento das intenções de voto para a primeira volta.
Jean-Luc Mélenchon, político da extrema-esquerda que cresceu nas últimas semanas, tem 19 por cento das intenções de voto, segundo a pesquisa, e o líder conservador François Fillon, que se recupera de um escândalo de nepotismo, 19,5 por cento.
A abstenção, um factor crucial que aumenta a incerteza sobre o desfecho da primeira volta, pode chegar a 28 por cento, de acordo com o Cevipof.
Em linhas gerais, os números do Cevipof harmonizam-se com as tendências recentes de pesquisas que mostram que a corrida presidencial do próximo domingo vai ser extremamente disputada pelos quatro candidatos.