Mundo

ERRATA

Na sua edição de ontem, segunda-feira, 29, neste espaço, foi noticiado que o Standard Chartered Bank foi o banco com maior prejuízo em termos de resultados financeiros, atribuindo-lhe um Resultado Líquido negativo de 821,5 mil milhões de kwanzas ao invés dos reais 821,5 milhões contabilizados no seu balanço de 31 de Dezembro de 2019.

No texto em causa também vem expresso que o Standard Chartered Bank superou os 441,3 mil mi-lhões de kwanzas negativos do BPC e do Kwanza Invest, o que não corresponde à verdade dos factos. Os dados aclaram sim uma significativa melhoria quando comparados com as contas de 2018 e 2019.

Pelo sucedido, facto que lesa o bom nome das partes afectadas, o Jornal de Angola vem junto do banco, accionistas, trabalhadores, clientes e leitores desculpar-se pelo erro de interpretação.

Mantém o compromisso de um jornalismo credível, isento, baseado nos factos, cuja interpretação deverá afastar-se sempre das conjecturas, e suposições, com prioridade para os princípios do jornalismo exigidos pela ética e deontologia.