Mundo / África

Sucessivos ataques armados causam 12 mortos no Níger

Um total de 12 soldados nigerinos morreram em dois ataques distintos, no Noroeste e Oeste do NĂ­ger, informaram, ontem, as autoridades locais citadas pela Reuters.

“No domingo, pelas 17h30, os elementos do destacamento das forças de defesa e de segurança de Dosso, baseados em Dogon Kirya, tiveram um confronto com "terroristas" fortemente armados”, indicou um comunicado do Ministério do Interior, acrescentando que 12 militares foram mortos e cinco ficaram feridos.
No dia seguinte, na mesma localidade, homens armados não identificados atacaram uma patrulha das forças de segurança nigerinas e destruíram um dos veículos, indicou o autarca Adamou Gondi, que acrescentou que não houve perdas humanas no ataque.
Ontem, um destacamento da Polícia foi atacado por homens armados não identificados na localidade de Makalondi (Oeste), perto da fronteira burkinabe, informaram algumas testemunhas. Desde 2012, o Oeste e Noroeste do Níger confrontam-se com ataques atribuídos a grupos que operam no Norte do Mali.