Mundo / África

Corpos de cinco migrantes ilegais foram encontrados junto a uma praia de Hraoua

Pelo menos cinco corpos de emigrantes ilegais foram encontrados à beira-mar ontem na região de Hraoua, a 40 quilómetros a leste da cidade de Sirte (leste de Tripoli), por uma equipa da Sociedade líbia do Crescente Vermelho, indicou uma fonte de guardas costeiros da cidade.

Os cinco cadáveres foram transferidos para a morgue do Hospital Ibn Sina e serão depois transladados para Misrata, a 220 quilómetros a leste de Tripoli, para as medidas administrativas e judiciais necessárias.
Na semana passada três cadáveres de emigrantes ilegais foram também descobertos nas praias de Sirte. Neste momento, cerca de 650 mil emigrantes estão presentes na Líbia, dos quais mais de cinco mil nos centros de detenção, de acordo com estatísticas da Organização Internacional para as Migrações (OIM).
Os centros de acolhimento de emigrantes albergam, actualmente, emigrantes resgatados pelos serviços de segurança líbios no mar Mediterrâneo ou presos dentro do país, aos quais a OIM oferece a oportunidade de voltarem aos seus países de origem, através do programa de regresso, designado “Actividades Voluntárias”. A OIM declarou ter ajudado, em 2017, quase 20 mil emigrantes ilegais na Líbia a regressarem a casa.