Política

Divergências marcam votação final da lei do repatriamento

As proposta de Lei sobre o repatriamento de recursos financeiros domiciliados no exterior do país, de iniciativa do Executivo, vai amanhã à votação final global, depois de ser aprovada na especialidade. O MPLA já deixou claro que  não aprova o Projecto de Lei do regime extraordinário de regulação patrimonial, proposto pelo grupo parlamentar da UNITA.

O presidente do grupo parlamentar do MPLA, Salomão Xirimbimbi, disse que a proposta do grupo parlamentar da UNITA partilha de um pressuposto diferente da proposta do Executivo , uma vez que a mesma defende  a regularização fiscal  de uma determina matéria. Parte igualmente do pressuposto de que a riqueza que existe em Angola e no estrangeiro é ilícita e irregular.