Economia / Investimentos

AIA propõe diversificar fontes de energia eléctrica

O presidente da Associação Industrial de Angola (AIA), José Severino, defendeu um investimento naquilo que o país não produz e evitar-se ou reduzir a importação do que se fabrica a nível interno.

Outra proposta apresentada pelos industriais passa pela mudança da política energética, que não deve continuar a investir só no rio Kwanza. “Tem que se investir em outros rios como Keve, onde se pode fazer quatro barragens para termos energia de proximidade, porque transportar quilómetros de energia custa muito à manutenção e tem riscos”, recomendou José Severino.