Economia

Sul-africanos estão à procura de distribuidores

As 20 empresas sul-africanas que participam na 34ª Feira Internacional de Luanda (FILDA 2018) manifestaram interesse em consolidar as relações comerciais, através do estabelecimento de parcerias, sobretudo no segmento da distribuição.

Os expositores daquele país actuam nos sectores das bebidas, construção civil,  produção de calçado, equipamento para  linhas férreas, saúde e agricultura.
Entre as empresas, estão dois produtores de vinho que esperam obter contratos para vende-lo no mercado angolano, contando-se entre eles os detentores das marcas La Ric Mal e Derato Classic,  Red e Bayede, que já são comercializadas em alguns países da  África, Europa, Ásia e América.
“Procuramos em Angola,  importadores e distribuidores, para a venda do  nosso  produto”, disse Malcom Green, um dos responsáveis da House Of Ric Mal, que está no mercado sul africano desde 2005.
Em 2017, de acordo com o responsável, foram produzidos e comercializados mais  dois milhões de litros deste vinho.