Economia

MCX Express regista 3,6 milhões de operações

Três milhões e seiscentas mil operações financeiras activas foram concretizadas, em Agosto último, através do Multicaixa Express (MCX Express). As operações foram feitas por quase 400 mil utilizadores deste canal interbancário de pagamentos, conforme nota da Empresa Interbancária de Serviços (EMIS, S.A.).

O Multicaixa Express é o novo canal interbancário de pagamentos disponibilizado pela EMIS, mediante associação de vários cartões multicaixa ao número de telemóvel do cliente. Trata-se de uma iniciativa dos bancos angolanos, lançada em Abril do ano passado, para valorizar, impulsionar a bancarização e massificar os pagamentos electrónicos.

A aplicação oferece uma solução facilitada para pagamentos, consultas, levantamentos e transferências, através de um simples telemóvel e permite a associação de vários cartões multicaixa ao número de telemóvel e o pagamento de vários serviços, como carregar o dispositivo telefónico, pagar facturas, subscrição de televisão e internet, bem como comprar bilhetes de avião.

Igualmente, possibilita recargas de energia, consulta de saldos e movimentos de contas, além de transferências e pedidos de levantamento, sem uso de cartão físico.
Para utilizar o canal MCX Express é necessário fazer previamente a associação de cada cartão multicaixa ao número do telemóvel, utilizando, para o efeito, os Caixas Automáticos da Rede Multicaixa. A aplicação pode ser descarregada na “Play Story” ou “Apple Store”.

Novas iniciativas

Segunda-feira, uma nova versão do Multicaixa Express foi introduzida pela EMIS, para permitir aos utilizadores guardarem os dados de pagamentos e de transferências. Para breve, a EMIS prevê disponibilizar o “Protecção de Cartão”, que permitirá ao utente bloquear o respectivo cartão, entre outras operações.

A empresa considera importante esta inovação para reforço da segurança das operações financeiras que são feitas utilizando o cartão. O serviço “Protecção de Cartão” ficará disponível não só nos canais de Internet banking (mobile e home banking), como no canal Multicaixa Express. A essas inovações deve seguir a “Transferência Express”, uma “modalidade de transferência bancária rápida”, que utiliza como identificador da conta bancária do beneficiário o número de telefone.