Economia

Crianças aprendem a lidar com dinheiro

As crianças de Luanda começaram segunda-feira a aprender mais sobre o orçamento familiar, as formas de poupança, as boas escolhas de consumo e a maneira de co-mo obter hábitos saudáveis com um consumo consciente e sem desperdícios.  

O objectivo do Banco Nacional de Angola (BNA), como mentor do evento “Dinheiro importa Sim!”, que decorre até domingo no espaço livre do Museu da Moeda, enquadrado na “Semana  Global do Dinheiro”, é fazer com que as crianças desenvolvam uma actividade a nível do empreendedorismo, para que saibam a importância do dinheiro na sociedade.
Ontem, mais de 100 jovens, dos 14 aos 25 anos de idade, participaram numa palestra que abordou o empreendedorismo no mundo e os passos a seguir, para atingir o sucesso na área do negócio.
Enquanto aos jovens eram passados conhecimentos sobre empreendedorismo, um grupo de crianças praticava o papel do artista plástico, pasteleiro, enfermeiro e balconista e outro grupo fazia o papel de compradores dos produtos exposto, uma simulação feita com dinheiro não convencional (em papel normal), mas com produtos alimentares verdadeiros, como hambúrguer, salgados e bolos sortidos. A feira é celebrada num ambiente a cores, com pequenos quiosques a ilustrarem diversas acções sobre o empreendedorismo, como escola de artes, pastelaria, minimercado, padaria e salão de beleza.
Os palestrastes fazem parte de um grupo de mulheres do Clube das Empresárias, que têm como missão unir e capacitar às mulheres para que elas descubram a verdadeira essência do  empreendedorismo. O Clube das Empresárias é uma plataforma composta por 50 membros e cria performance para vencer-se o peso da rivalidade e da má concorrência.