Economia

Agências da UE deixam Londres

A Comissão Europeia garantiu que as agências com sede no Reino Unido vão deixar o território britânico depois do Brexit.

Cabe depois aos Estados-membros decidir para onde serão transferidas. “As agências da União Europeia (UE) devem estar baseadas no território da UE. A decisão de mudar a Agência Europeia de Medicamentos (EMA) e a Autoridade Bancária Europeia (EBA) cabe aos 27”, declarou na conferência de imprensa diária de ontem o porta-voz do executivo comunitário, Margaritis Schinas. A Comissão fechou desta forma a porta à intenção de Londres de manter as agências sedeadas em território britânico, mesmo depois da saída do Reino Unido do bloco europeu, que deverá concretizar-se no espaço de dois anos. O mesmo porta-voz reforçou que “o Reino Unido não terá uma palavra a dizer na futura localização das agências”.