Desporto

Lista de consenso coloca Luís Prata na liderança do clube

Através de uma lista consensual, José Luís Prata foi proposto pelo Conselho de Administração da Transportadora Aérea Nacional, para a assumir a presidência de direcção do ASA, durante o ciclo olímpico 2020/2024, cujas eleições acontecem a 27 de Junho, na sede do clube, localizado no bairro Mártires do Kifangondo.

Integram igualmente a lista de consenso, Manuela de Oliveira, ex-presidente do clube, e Manuel de Almeida”Nelo”, candidato vencido nas eleições passadas.
José Luís Prata vai suceder Adriano Domingos, sendo que Manuela de Oliveira e Manuel de Almeida “Nelo” assumem vice-presidências.

Amanhã, a Comissão Eleitoral, presidida pelo jornalista da Rádio Cinco, Cândido Fortunato, procede a abertura da lista, às 9h00, nas instalações da agremiação.
No plano de acção de José Luís Prata, realce para a aposta nos escalões de formação, reabilitação da relva sintética do campo Joaquim Dinis e a colocação de nova cobertura no pavilhão multiusos, para impedir a infiltração de águas no período chuvoso.

Futebol sénior

Durante dois anos, a equipa principal de futebol vai estar ausente das competições sob a égide da Federação Angolana de Futebol (FAF), para no ano seguinte surgir em grande, com um naipe de jogadores saídos da “cantera”.

“Basicamente, não teremos futebol sénior durante dois anos. Vamos centralizar as nossas acções nos escalões de formação. Depois de trabalhados, os atletas ascendem à equipa principal, com o acompanhamento de cinco jogadores mais experimentados”, disse ao Jornal de Angola, o vogal de direcção, Valente Silva.
Do ponto de vista administrativo e financeiro, o elenco liderado pelo “comandante” Prata vai procurar solucionar as dívidas com jogadores, treinadores, pessoal de apoio, funcionários e fornecedores.

“ Vamos tentar fazer um acordo com os patrocinadores. Vamos procurar resolver esta situação. Mas, tudo depende das receitas do clube e dos fornecedores”, admitiu, acrescentando que “ a nossa ideia é conseguir um patrocinador, que atenda o basquetebol e o andebol. A nível do basquetebol, vamos contar com a experiência do professor Carlos Dinis. Uma pessoa que tem dado todo o saber em prol do clube e da modalidade”.

Fundado a 1 de Abril de 1953, o ASA movimenta o futebol, basquetebol, andebol e xadrez. Com o desporto-rei, a formação aviadora conquistou três títulos do Girabola 2002, 2003 e 2004, sob batuta técnica do português Bernardino Pedroto, sem esquecer os títulos nacionais do basquetebol e andebol em seniores, masculinos e femininos, respectivamente.