Desporto

Ivo Traça faz contas com o apuramento

O técnico-adjunto da equipa do 1º de Agosto, Ivo Traça mostrou-se confiante numa “boa campanha” e consequentemente na passagem dos militares à fase seguinte da presente edição da Liga dos Clubes Campeões Africanos de futebol, cujo sorteio aconteceu ontem, na cidade do Cairo, capital do Egipto.

Reagindo ao sorteio que colocou o campeão nacional no Grupo A, ao lado do TP Mazembe (RDC), Zesco United (Zâmbia), Zamalek FC (Egipto) e Generacion Foot (Senegal), o adjunto de Dragan Jovic acredita que se os rubro e negros elevarem os níveis de confiança podem fazer boas exibições dentro e fora de casa.
“Não deixa de ser um grupo complicado. Em princípio vamos defrontar duas equipas que já ganharam o título africano de clubes. O nosso objectivo é chegar a próxima etapa. Apesar do favoritismo teórico dos congoleses e egípcios, temos bem definidas as nossas ambições. Para tal, temos de fazer bem o trabalho de casa, e estar à altura dos desafios. Os jogadores só precisam de estar compenetrados e acreditarem”, salientou.
Traça considera um “bom presságio” começar a trajectória dentro de portas, diante dos congoleses. Depois da eliminação prematura na edição passada, a direcção do clube do Rio Seco promete fazer um “scouting” de todos adversários, revelou o técnico da equipa tetra-campeã.
O Petro de Luanda é o outro representante angolano na prova sob égide da Confederação inserido do Grupo C, com o Mamelodi Sundowns (África do Sul) USMA (Argélia) e Wydad Athlectic (Marrocos). O Jornal de Angola tentou obter reacções dos responsáveis da agremiação tricolor mas não foi bem sucedido.