Desporto / Futebol

Campeões do mundo chegam hoje à Rússia

Actual campeã e com quatro títulos na história do campeonato, a Alemanha embarcou ontem para a Rússia rumo a mais um mundial, em avião fretado. A delegação com todo o elenco deixou Frankfurt e seguiu para Moscovo, onde a selecção fica sedeada, na região de Vatutinki.

A estreia acontece no domingo diante do México, na capital russa. Vários jogadores registaram o momento no avião, entre eles os médios Samir Khedira, da Juventus e Toni Kroos, do Real Madrid, o guarda-redes Ter Stegen, do Barcelona, o de-fesa Mats Hummels, do Bayern de Munique, e o avançado Mario Gomez, que actua no Stuttgart.
Os campeões encerraram a preparação na segunda-feira na província de Tirol do Sul, na Itália. Antes da viagem para a sede do Mundial, o técnico Joachim Low concedeu entrevista à Federação Alemã de Futebol.
O técnico acredita que a prova vai ser muito equilibrada, antevê evolução das selecções que disputaram o campeonato do Brasil e fala em caça à Alemanha.
“As equipas são parecidas em termos de  qualidade. É preciso um pouco de sorte e ficar livre de lesões. É necessário uma performance de alto nível, assim como treinos físicos e tácticos. Precisamos de estar mentalmente fortes para suportar a pressão e sermos disciplinados” afirmou o técnico.
Para Low, o grupo também melhorou nos últimos quatro anos, mas mostra-se preocupado com o sector defensivo.
“Desde 2014 desenvolvemos o nosso estilo de jogo. Se continuarmos com os erros cometidos diante da Áustria, seremos apenas uma equipa média. Mas se fizermos pe-quenas coisas de forma acertada, será difícil jogarem contra nós. Somos fortes ofensivamente, mas dizem que boas defesas ganham campeonatos. É um princípio fundamental a ter em mente”.