Desporto

Central angolana reforça primeira linha do Loiret

Isabel Guialo “Belinha”, central da Selecção Nacional sénior feminina de andebol e do 1º de Agosto, reforça a primeira linha da equipa francesa CJF Fleury Loiret, na época 2020/21.

A internacional angolana, de 30 anos, 1,71 metros, 71 kg, viajou para a França na terça-feira. Na quinta foi apresentada ao grupo e submetida ao teste da Covid-19, cujo resultado deve ser entregue ainda hoje.

Belinha soma a terceira experiência no exterior, após passagens pelo Atlético Guardes de Espanha, em 2015, e Kisvárdia Kézilabda da Hungria (2018). Em declarações ao Jornal de Angola, Guialo explicou que assinou contrato de um ano, com mais um de opção, e sente-se orgulhosa por jogar na primeira divisão daquele país.

“Primeiro agradeço a Deus por mais uma oportunidade de mostrar trabalho. No campeonato espanhol e húngaro aprendi muito. A França tem actualmente uma das melhores ligas. Surgiram propostas para outros clubes europeus, mas optei pelo francês”, disse.

Quando esteve na Hungria, acrescentou, o objectivo era jogar a “Champions League”: “Infelizmente naquela época a equipas não fizeram boas ofertas, ou seja, estavam a oferecer muito pouco.

O CJF tem bons projectos e aqui tenho a possibilidade de disputar a segunda maior liga do mundo. A primeira é a “Champion” e a segunda é a “EHFCUP”.

Alcançar outros patamares no capítulo competitivo, elevar o nome de Angola, conquistar prémios individuais e colectivos e ajudar o grupo a obter os melhores resultados na competição também constam das ambições da jogadora.

“Almejamos jogar a “Champion”, então temos de trabalhar duro”. Sem divulgar nomes, Guialo adiantou que brevemente outras atletas da agremiação militar podem rumar para outros campeonatos na Europa. “Duas ou três também têm previsão de sair. Por razões óbvias, não posso avançar nomes. Mas têm contactos avançados com outras equipas. Tudo está bem encaminhado”, assegurou.

Formada na escola do Atlético Sport Aviação (ASA), antes de integrar o 1º de Agosto, Belinha reforçou por diversas vezes o Petro de Luanda em provas internacionais.

No clube militar, a central partilha o posto com outra internacional, Helena Paulo. Na Selecção Nacional, Belinha Guialo é a capitã das Pérolas, desde o Campeonato Africano disputado no Congo, em 2018.

O CJF Fleury Loiret, fundado em 1974, é presidido por Jean-Pierre Gontier. Actualmente a equipa é orientada por Christophe Cassan. Isabel Guialo, Gabriela Moreschi, Anais Ricardo, Justicia Elbeco, Mélina Peillon, Raissa Dapina, Suzanne Waioka, Laura Kamdop, Oriane Ondono, Paulina Uscinowicz, Diankemba Nianh, Amina Sankhare, Lilou Begon, Doungou Camara e Alexandra Lacrabére são as jogadoras que constituem o plantel às ordens de Cassan.