Desporto

Aoron Hernandez encontrado morto

O antigo jogador de futebol americano (NFL) Aaron Hernandez, de 27 anos, considerado inocente da morte de dois cabo-verdianos, enforcou-se na cela, segundo os serviços prisionais de Massachusetts.

Um guarda prisional disse que encontraram o antigo jogador dos New England Patriots enforcado, pouco depois das 3 horas locais (8 horas em Angola), tendo sido tentada a sua reanimação no local. Aaron Hernandez acabou por ser declarado morto, no hospital UMass Memorial - HealthAlliance, em Leominster, às 4h07.
Funcionários da prisão, citados pela agência AP, disseram que Hernandez estava numa cela individual no centro correccional Souza Baranowski, em Shirley, Massachusetts, detalhando que o antigo jogador utilizou um lençol amarrado à janela. As autoridades acrescentaram que Hernandez tentou bloquear a porta da cela pelo seu interior, com vários objectos.
O antigo jogador cumpria uma sentença de prisão perpétua, sem direito a saída precária, pelo assassínio do amigo Odin Lloyd, ocorrido em 2013 e pelo qual foi condenado em 2015. Na altura, a acusação defendeu que o jogador matou Lloyd para o silenciar sobre o alegado homicídio de dos cabo-verdianos, em 2012, pelo qual foi considerado inocente na sexta-feira.