Desporto

Angola e Libéria decidem qualificação para a final

Angola e Libéria decidem hoje, às 16h00, o apuramento para a final da quinta edição do Campeonato Africano de Futebol para Amputados, cuja partida é disputada no Estádio São Filipe, em Benguela.

Ao contrário da partida da primeira fase, na qual a Selecção Nacional goleou o adversário, por 5-0, esta tarde, certamente, nada será igual, pois adivinham-se inúmeras dificuldades, sobretudo pelo facto de os liberianos pretenderem a desforra.
Depois do treino realizado, ontem, no palco do desafio, para correcções do que esteve mal no jogo com a Nigéria, o técnico “Chetu” Baptista promete fazer algumas mexidas no “sete” nacional.
O guarda-redes Jesus Mateus volta a merecer a confiança do seleccionador na baliza, embora reconheça os erros cometidos por num dos jogos da primeira fase.
Por seu turno, a Libéria, goleada na primeira fase por Angola, está refeita da derrota e pretende triunfar para defender o título conquistado, em 2013, no Quénia.
A Selecção Nacional de-frontou pela primeira vez a Libéria em 2011, no Ghana, com vitória dos angolanos, por 1-0. Depois, defrontaram-se em 2013, no Quénia, na final do africano, com derrota, por 1-2, de Angola.
Este vai ser o quarto desafio entre as duas selecções num campeonato, com duas vitórias para Angola contra uma da Libéria.
Esta partida vai opor a Selecção Nacional, vice-campeã africana, à Libéria (detentora do título continental), que se espera bastante equilibrado apesar de o favoritismo recair para os anfitriões que jogam diante do seu público.
No primeiro desafio das meias-finais, jogam Nigéria e Tanzânia, às 10h30, também no Estádio São Filipe, num desafio em que são repartidas as probabilidades de vitória, sobretudo por os nigerianos chegarem com o rótulo de mundialistas. Na primeira fase da competição, as selecções empataram sem golos para a terceira jornada. Antes, Serra Leoa e Camarões, em encontro agendado para as 9h00, no Estádio São Filipe, disputam as qualificativas para o quinto lugar da prova.
Na primeira fase, os serra-leonenses, que ocuparam a quinta posição da tabela classificativa e derrotaram os camaroneses, por 2-0, assumem teoricamente o favoritismo.
A Serra Leoa, que chegou a Benguela atrasada, perdeu na primeira jornada por falta de comparência, tendo apresentado um protesto, mas o comité organizador considerou improcedente.

Declarações dos técnicos

O seleccionador nacional, “Chetu” Baptista, disse à imprensa que o objectivo do grupo é vencer o adversário para chegar à final do Campeonato Africano, mas reconhece que vai ser difícil.
“A Libéria é uma equipa experiente e tricampeã africana, mas vamos fazer o nosso jogo para vencer e chegar à final. Nesta altura, é tudo ou nada e, para nós, o campeonato começa hoje. O objectivo do grupo é ultrapassar a Libéria para estarmos na final”, disse o técnico após a sessão de treino.
“Chetu” Baptista garantiu que o moral do grupo é alto para fazer uma excelente exibição frente aos tri-campeões africanos: “os rapazes estão moralizados para o jogo. Trabalhámos para vencer, porque o nosso objectivo é conquistar o título africano”, finalizou.
Para o treinador Victor Benson, da Libéria, vai ser uma partida difícil: “será um jogo bastante difícil, mas pedimos a Deus que nos dê muita garra para tentarmos encarar o jogo da melhor maneira possível”, declarou ao Jornal de Angola.