Artigo

Cultura / Música

Top Rádio Luanda tem despique renhido

Distribuídos em categorias como Kizomba, Semba, Kuduro, Balada, Rap, Guetto Zouk/Zouk Love, Gospel, Folclore e Voz Feminina Revelação, uns quantos músicos seleccionados, que se destacaram ao longo do ano passado, residentes no país e na diáspora, integram o restrito leque de candidatos à votação popular.

A presente edição do Top Rádio Luanda antevê-se renhida, tendo em conta a distribuição dos artistas seleccionados. A categoria que desperta mais atenção é a da Kizomba, em que se destacam nomes como Ariovalda Gabriel “Ary”, Paulo Flores, Heavy C, Konde, Puto Português, Ivan Alexei, Dom Caetano, Euclides da Lomba, Filho do Zua, Karina Santos e Zé Maria.
Outra das categorias que mais despertam a atenção é a Voz Feminina do Ano, em que, a julgar pelas vozes concorrentes, o despique será igualmente renhido. Dez nomes concorrem ao título: Ary, Yola Semedo, Noite e Dia, Yola Araújo, Anna Joyce, Ângela Ferrão, Bruna Tatiana, Telma Lee, Edmazia e Karina Santos.
Mas a luta por um troféu no Top Rádio Luanda 2018 não pára por aqui. Na categoria Voz Masculina do Ano, nomes como o veterano Bonga, Livongue, Filho do Zua, Paulo Flores, Zé Maria Anselmo Ralph, Ivan Alexei, Puto Português e Neru Americano integram a lista dos escolhidos.
A categoria Prémio Carreira veio a adoçar ainda mais a nona edição do Top Rádio Luanda. Entre os músicos eleitos, constam nomes como o experimentado António Miguel Manuel Francisco "Calabeto". O Kota Bué, como também é chamado, nasceu em Luanda aos 3 de Abril de 1945. Com uma história e trajectória invejáveis, a sua aparição no mundo da música ocorreu na Missão Evangélica, ao fazer parte do coro da referida igreja. Em 1958 funda a Turma Rio de Janeiro, por influência da cultura brasileira.
Outro dos nomes que integram o Prémio Carreira, nesta edição do Top Rádio Luanda, trata-se de outro veterano da música angolana: Dionísio Rocha.
Nascido na província de Benguela, Dionísio Rocha foi, entre outras funções, docente de matemática e prospector bancário. Saiu de Benguela aos nove anos, integrou pela primeira vez, em 1958, o grupo cultural Bota Fogo e como cantor fez parte do conjunto Os Negoleiros do Ritmo, até se tornar intérprete individual.
Nesta categoria, Prémio Carreira, o despique não fica por aí. Integram o grupo de candidatos nomes como o do mais velho Givago, Paulo Flores, Walter Ananás, Yola Semedo e Yuri da Cunha.
A gala de premiação do Top Rádio Luanda, edição 2018, a realiza-se no próximo dia 25, dia da Cidade da Kianda, no Clube dos Caçadores, no Miramar, tem como convidada especial a diva Yola Semedo.
A cantora e madrinha do Carnaval de Luanda, edição 2018, vai fazer uma incursão pela sua discográfica interpretando temas da banda Impactus 4, onde começou a sua carreira na década de 80, na companhia dos seus irmãos Jorge, Iduina, Alcino Semedo, passando pelas músicas dos seus trabalhos a solo e culminando com temas inéditos que vão constar o seu próximo trabalho discográfico.

A essência do concurso

O Top Rádio Luanda é um concurso musical que visa premiar várias categorias de música e os cantores da preferência dos ouvintes da emissora, no sentido de se reconhecer, valorizar e divulgar mais as canções e os intérpretes nacionais.
Outro dos objectivos do concurso é motivar os músicos e compositores, para desenvolverem e aprofundarem as aptidões artísticas dentro de um espírito de competição eticamente saudável, bem como maximizar a audiência da estação, promover a interactividade e atribuir prémios aos cantores e conexos da produção musical.