Cultura

Lopito Feijóo e Cremilda de Lima participam na Feira de Lisboa

Os escritores Lopito Feijóo e Cremilda de Lima autografaram, na tarde de sábado, na Feira do Livro de Lisboa, as suas obras literárias “Experimentais Poéticos” e “O aniversário de Vovô-Imbo”, respectivamente, no stand da Editora das Letras.

A Editora das Letras foi a única angolana que participou no evento, que encerrou no domingo, no Parque Eduardo VII, realizado três meses depois da data habitual, devido à pandemia da Covid-19.

Bruna Botelho, directora comercial e editorial da Editora das Letras, disse que o objectivo da participação da Editora das Letras na feira é promover a editora e a literatura angolana junto dos leitores portugueses e de toda a comunidade angolana em Portugal.

A editora nacional participou nessa feira de tamanho impacto internacional com toda a série de literatura infantil, 100 por cento elaborada e impressa em Angola, em que se destaca “O aniversário de vovô-Imbo”, de Cremilda de Lima, “A borboleta violinista”, de David Capelenguele, “Avó Sabalo”, de Kanguimbo Ananás, e “Regras Básicas de Convivência no Ambiente Es- colar”, de Elsa Bárber.

“O interesse foi generalizado em todos os livros. Por exemplo, o nosso livro em realidade aumentada “O aniversário do Vovô-Imbo” foi o preferido das crianças. Houve também muita curiosidade por estar representada uma editora angolana nesta feira”, afirmou Bruna Botelho. Essa edição do evento contou com 310 pavilhões, 117 participantes e estiveram representadas 638 marcas editoriais - a segunda maior edição da história da Feira do Livro de Lisboa. Para além da actividade de sábado, o escritor Lopito Feijóo foi figura de cartaz nas feiras do livro de Lisboa e do Porto, em Portugal, convidado pelas editoras Perfil Criativo e Modocromia.

O escritor angolano participou no dia 5 do corrente mês, no Auditório Poente, de uma sessão de apresentação e autógrafos da obra “Doutrina com Fabulações”, seguido de debate em torno da cultura e literatura angolanas, alusivo à comemoração do 45º aniversário da Independência de Angola. Na noite do mesmo dia e lugar, o escritor fez a reapresentação da mais recente obra literária intitulada “Desejos & Doutrinárias Marintimidades”, editada sob a chancela da Mo- docromia Editora, lançada em Julho na Casa de Angola.

No dia seguinte, Lopito Feijóo deslocou-se à cidade do Porto, onde autografou e promoveu, nos jardins do Palácio de Cristal, as obras, debatendo e interagindo com vários leitores portuenses sobre literatura angolana, numa ini- ciativa da Perfil Criativo.