Cultura / Livros

Livro de crónicas de Nando Martins é lançado hoje a título póstumo

O livro “Crónicas da Banda”, de Fernando Martins, é apresentado a título póstumo, hoje às 18h30, seguido de uma sessão de autógrafos e venda, no Espaço Verde Caxinde - Sukara.


A ser apresentado pelo escritor e jornalista José Luís Mendonça, o livro é uma compilação de 120 crónicas escritas por Fernando Martins nos semanários “Correio da Semana” e “Agora”, nos últimos 20 anos.
Um comunicado de imprensa da Caxinde - Editores e Livreiros, assinado por Jacques Arlindo dos Santos, refere que, no impetuoso caudal da sua obra que abrange enredos prenhes de verdade e de muitas subtilezas, não cabem o ressentimento ou a mágoa. “Nela há, ao contrário, alegria e prazer, muita vontade de viver.”
Em “Crónicas da Banda”, nome escolhido pela família para baptizar o livro, Fernando Martins “ressalta amiúde tanto os horrores da guerra como as virtudes dos jovens.” Condenou o poder ilusório dos que mandam enquanto criou títulos como “O Dia Em Que O Costinha Caiu De Queixos.”
“Tuchinha”, “O Velho Passarinho”, “Quinzinho Portugal”, “De Vasco” e “Paulo Frutas” foram alguns dos inúmeros personagens que povoaram as suas fantásticas estórias. Os seus nomes ajustaram-se na perfeição às tramas e enredos que forjava e relatava com mestria.
O livro “Crónicas da Banda” chega às bancas com a chancela da Caxinde - Editores e Livreiros ao preço de três mil kwanzas.
Fernando de Sousa Martins nasceu a 21 de Novembro de 1961 e faleceu a 20 de Abril de 2017 em Luanda. Filho de José de Sousa Martins e de Francisca António Augusto Martins, era o quarto de nove irmãos.
Nando, como era familiarmente tratado pela família e amigos, viveu e cresceu no bairro Cruzeiro, estudou e cumpriu o serviço militar nas FAPLA em Luanda. Era casado com Maria Augusta da Silva Martins, com quem teve três filhos: Carlos Roberto em 1984, Elizabeth Regina em 1988 e Ana Francisca em 2000.