Cultura

“Hotel Komarka” encerra festival da paz em Luanda

O colectivo Henrique Artes exibe, amanhã, às 19h00, na LAASP (ex-Liga Africana), em Luanda, a peça “Hotel  Komarka”, no encerramento da oitava edição do Festival de Teatro da Paz (Festeapaz), que decorre desde o dia 4.

Distinguida com vários prémios internacionais e nacionais, a peça substitui o monólogo do actor e produtor brasileiro André Teixeira que estará ausente da cerimónia de encerramento por não ter conseguido visto a tempo. O director do Festival de Teatro da Paz disse que o humorista e produtor de teatro e novela tinha previsão de chegada para a última semana mas os processos administrativos o atrasaram.
Ainda assim, garantiu Osvaldo Moreira, a presença de André Teixeira, que foi protagonista em algumas novelas da TV Globo, nos próximos dias onde actuará em palcos da cidade de Luanda. A apresentação de “Hotel Komarka” antecede, ainda, a entrega de troféus de melhor espectáculo, grupo e actores da oitava edição do Festeapaz.
“Hotel Komarka” é uma comédia que retrata a história de oito reclusos, sete rapazes e uma mulher, que lutam para fugir da cadeia onde estão há 20 anos, onde vivem momentos de emoções, tristezas, sonhos, alegria e sobretudo o desejo de liberdade por vias incorrectas.
A peça completa 11 anos no dia 27, desde a sua estreia, e recebeu o prémio revelação no Festival Internacional de Teatro de Língua Portuguesa (FESTLP), em 2011, no Rio de Janeiro, que lhe valeu o convite para os festivais de Mindelo, em São Vicente (Cabo Verde), na Amostra Latino-americana de Piauí, em São Paulo (Brasil), e na Mostra Internacional de Teatro (Mite), em Lisboa.
Hoje, o grupo Promart apresenta, às 19h00, a peça “O evangelho”, e o colectivo Etu Lene, exibe às 20h45 a peça “Sexo a Sangue Frio”.